Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Fu-tji-bóu? Vamo nessa, cara!!!

08.02.12publicado por Gato Pardo

Quando eu julgo que sou o expoente máximo da loucura (a medicação está cara e assim como assim, sempre posso fazer as asneiras que quero e alegar insanidade mental...Parece que agora está na moda...), há um bando de gajos ainda mais malucos que eu que me fazem um convite irrecusável...Tenho futebolada marcada para o próximo fim de semana!

Os homens e o futebol têm uma espécie de amor/ódio. Todos opinam mas quando chega a altura de tocar na chicha (separar os meninos dos homens) 3/4 deles percebem tanto daquilo como eu a fazer rolinhos de sushi...E não, eu não sei fazer sushi...Já tenho dificuldades em comer aquela porra com pauzinhos, quanto mais fazê-los...

A minha introdução à refinada arte da redondinha começou cedo. Tão cedo que na maioria dos casos ainda estava a dormir e estava-me a marimbar para ela. Como todos os gatos, gosto muito da minha soneca e odiava que me chateassem os fígados para andar a correr atrás duma bola que na maioria dos casos, estava na posse de gajos com técnica de domínio da dita mais apurada do que a minha.

No entanto, uns bons 17 ou 18 anos atrás, houve um sacana dum professor de Educação Física que tanto chateou a turma para juntarmos 5 palermas para um jogo de futebol de salão que não fizemos por menos. Afinal de contas, era aliciante a probabilidade de humilhar o Professor de Educação Física, Filosofia, Francês, Religião e Moral e Química todos de uma só vez...

Dos fracos não reza a história, mas posso dizer que um resultado de 5-5 não foi vergonhoso...Vergonhoso foram os golos dos professores terem sido todos marcados pelo gajo de Religião e Moral...Ora bolas, que moral tinha o gajo para nos fazer uma maldade daquelas? Então mas o gajo não devia de andar a pregar a paz e o amor e ao invés, espetou-nos cinco batatas sem dó nem piedade? Então e o amor ao próximo? E a piedade? E dar a mão ao mais desafortunado? Caroço...

A partir daí, dei paz à minha alma...Abandonei um desporto de contacto físico por coisas mais zen como tocar Metallica, Motorhead, Rage e coisas softs...No entanto, alguém se chibou e lá me enfiaram numa equipa para um torneio inter escolas...Estes torneios tinham semelhanças interessantes com o desembarque na Normandia...Mal pisavas o campo já tinhas 3 gajos a morderem-te as canelas, o que levava um gajo a pensar se não seria menos doloroso estar debaixo de fogo cerrado de artilharia pesada. Mas como quem vai à guerra dá e leva, levei uma série delas e dei uma...O problema é que na ingenuidade da adolescência, ninguém me disse que não convém dar uma daquelas cacetadas de meter alguém a varrer o asfalto à frente do árbitro...Enfim, perdeu-se uma carreira promissora no futsal e ganhou-se um escritor de gabarito duvidoso e humor incompreendido.

Agora a pergunta que se coloca é...Estarão estes tipos loucos para me convidarem a entrar novamente nas 4 linhas?

Obviamente...No entanto, como o café é à borla se a coisa correr bem ninguém pode alegar doping...

 

PS: Se o índice de entradas nos hospitais de doentes com fracturas do fémur, torcicolos e luxações disparar, aviso já que rejeito toda e qualquer responsabilidade no sucedido.